Síndrome de Parry-Romberg

Uma bela mulher!

Após um congresso que participamos em Porto Alegre, ministrando uma palestra sobre o “Protocolo Guedes-Magalhães para Emagrecimento Facial”, uma colega da área de saúde que havia participado do evento, Dra. Bruna Bernardi, nos procurou para que avaliássemos sua mãe. Após a consulta, chegamos ao diagnóstico de Síndrome de Parry-Romberg.  Na verdade, elas estavam procurando um tratamento para resolução das sequelas deixadas por procedimentos anteriores que falharam e a deixaram assimétrica (foto abaixo). A paciente nos relatou que há muitos anos, não tinha vontade de tirar fotos, se tornando uma pessoa cada vez mais reservada.

O tratamento anterior consistiu numa lipoenxertia na região da maçã do rosto (malar) e que ao longo do tempo, foi sofrendo a inevitável ação da gravidade, descendo em direção ao bordo da mandíbula, causando alteração grande no contorno daquela região.

Mesmo com a evolução natural da Harmonização Orofacial, muitos profissionais ainda não tem conhecimento sobre as técnicas de redução do volume facial com a utilização de injetáveis.

Ademais, ainda falta atenção sobre um grande problema mundial – A obesidade e sobrepeso. No Brasil, 60,3% da população está com sobrepeso e 25,9% desta, está na faixa da obesidade. Então temos que ter um olhar diferenciado quanto aos pacientes que chegam às nossas clínicas hoje.

Propusemos para a paciente inicialmente, realizar emagrecimento facial com injetáveis e lipoaspiração. Sendo que, os resultados esperados destes balizariam todo planejamento seguinte.

Com a redução de volume conseguida com os injetáveis e lipoaspiração (foto acima), partimos para o lifting facial, lifting de sobrancelhas, blefaroplastia, correção do contorno facial com preenchedores de longa duração e gerenciamento da pele (bioestimuladores, peeling, radiofrequência fracionada microablativa, toxina botulínica, skinbooster), lembrando que a síndrome afeta a pele, músculo e tecido ósseo. Precisávamos atender as necessidades de todos os compartimentos atróficos.

Finalizamos com um fantástico resultado que pode ser visto na foto abaixo.

Atualmente, segundo da própria filha, Dra. Bruna Bernardi, a mãe é outra pessoa (vídeo abaixo). Se tornou uma mulher mais feliz, confiante e agora, participa de todas as fotos em família e tem seu próprio booking de imagens pessoal.

A Harmonização Orofacial transcende a questão estética. É extremamente gratificante reintegrar pessoas ao convívio social, restaurando sempre que possível, o máximo de equilíbrio e proporção facial.

Deixe um comentário

Rolar para cima